BAIXO GUANDU SEDIA MUNDIAL DE PARAPENTES

por Luís Filipe Faier publicado 29/03/2022 13h36, última modificação 29/03/2022 13h36


Conhecida como a capital estadual do Voo Livre, conforme a Lei Ordinária 10.838, sancionada pelo ex-governador do estado Paulo Hartung, Baixo Guandu está sediando a 2.ª etapa do Campeonato Mundial de Parapentes.

Cento e trinta atletas, de 29 países vão brigar pelo título da competição.O evento começou no último sábado (26) e vai até o dia 2 de abril.

Os atletas vão decolar da Rampa do Monjolo, que é considerada uma das principais plataformas de voo livre do mundo pela infraestrutura e receptividade dos moradores aos competidores, pelas térmicas excelentes e por receber ventos do quadrante norte, o que garante vento de frente para a rampa, essenciais para a prática do esporte.

Entre os participantes da competição estão atletas do Reino Unido, Grécia, Equador, Argentina, Estados Unidos, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Chile, Áustria, França, Suíça, África do Sul e Ucrânia.

O evento é organizado pela Associação Capixaba de Voo Livre, com apoio da Secretaria Estadual de Esportes e da Prefeitura de Baixo Guandu